18 de jan de 2018

FUNDAÇÃO C&A RECEBE PROJETOS PARA IMPLEMENTAÇÃO DE MODELOS DE NEGÓCIOS CIRCULARES NA INDÚSTRIA DE VESTUÁRIO – PRAZO ATÉ 18/02/2018

A FUNDAÇÃO C&A está recebendo inscrições para financiamento de iniciativas que irão apoiar a implementação de modelos de negócios circulares em empresas relacionadas à indústria de vestuário.

VALORES:

Até 300 mil euros por proposta.

Duração do projeto: até 3 anos

ELEGIBILIDADE:

– Organizações da sociedade civil sem fins lucrativos

– Incorporação dos princípios norteadores do edital

– Resultados explícitos da iniciativa (ou seja, o que mudará devido à iniciativa);

– O uso de canais que possam efetivamente envolver a liderança interna das empresas;

– Papel e responsabilidades delineadas de forma clara de todos os parceiros

– Descrição de como esta iniciativa contribui para a transformação, a longo prazo, de empresas que adotam modelos de negócios de economia circular;

– As propostas, preferencialmente deverão vir de organizações que tenham um histórico de trabalhos semelhantes desenvolvidos no país.

INSCRIÇÕES:

As candidaturas devem ser enviadas por email no endereço indicado no SITE.

Para obter mais informações (apenas em inglês), visite o C&A FOUNDATION.

EDITAL LGBT RECEBE PROJETOS ATÉ 31/01/2018

O Fundo ELAS, único fundo brasileiro de investimento social focado exclusivamente nas mulheres, lançou o Edital LBT: Autonomia, Liderança e Direitos, que visa apoiar a cidadania LGBT e fortalecer a resistência contra o retrocesso de direitos. O edital vai financiar 10 projetos de ativistas lésbicas, bissexuais e trans (LBT).

Viver no Brasil é muito arriscado para a população LGBT, especialmente quando orientação sexual e identidade de gênero se cruzam com outros fatores como raça e classe. 2017 bateu recordes de violência contra LGBT , e a maioria desses crimes não chegam à mídia nem são amplamente debatidos, permanecendo invisíveis e muitas vezes impunes.

Além disso, observamos hoje uma onda conservadora que dissemina a intolerância e discursos de ódio contra a população LGBT e que vem crescendo nas ruas e nas mídias sociais. Sabemos também que os grupos de lésbicas, bissexuais e trans enfrentam problemas como falta de estrutura, de recursos, de diálogo intergeracional, de espaços autônomos de formação política, etc.

VALORES:

Cada projeto vai receber R$30 mil (trinta mil reais).

INSCRIÇÕES:

Formulário no site do FUNDO ELAS

Para mais informações, confira o EDITAL

26 de dez de 2017

Fundo Estadual de Cultura 2017 prorroga período de inscrições

O Fundo Estadual de Cultura (FEC) teve seu período de inscrições prorrogado. Viabilizado pela Secretaria de Estado de Cultura, o mecanismo de fomento ampliou o prazo para os proponentes apresentarem suas propostas culturais. A primeira etapa deve ser realizada até o dia 5 de janeiro de 2018. Nesta fase, o proponente deve efetuar seu cadastro na plataforma online. Após validação, a fase posterior é a inscrição do projeto, que deve ser realizada no período de 3 a 31 de janeiro de 2018. A plataforma digital para cadastro do proponente e a inscrição da proposta está disponível no aqui. Os editais podem ser encontrados neste link.

O Fundo Estadual de Cultura 2017 disponibiliza R$ 9,5 milhões para projetos culturais que tradicionalmente encontram dificuldades em captar recursos no mercado. O edital contribui para a democratização da produção cultural do estado e para o fomento às mais diversas manifestações artísticas presentes em Minas Gerais. O repasse de recursos do FEC, ao contrário da Lei Estadual de Incentivo à Cultura, é direto, sem necessidade de captação junto a empresas, e contempla, de uma forma geral, manifestações da cultura popular, pequenas entidades, grupos e coletivos, tendo uma visão mais voltado ao interior do estado.

O edital de 2017 foi subdividido em duas frentes para aprimorar a distribuição de recursos e dar ainda mais transparência ao processo. Uma das frentes destina-se a Organizações da Sociedade Civil e possui valor total de R$ 7 milhões. Este edital está dividido em três categorias: 1) Projetos que promovam as culturas populares e tradicionais, no valor máximo de até R$ 25 mil, totalizando R$ 2 milhões; 2) Projetos de Cultura em Geral: realizados pelas organizações da sociedade civil, com valor máximo de até R$ 100 mil, somando R$ 3,5 milhões 3) Pontos de Cultura: com valor máximo de até R$ 50 mil, somando R$ 1,5 milhões.

A segunda frente é destinada para instituições de Direito Público Municipal e irá contemplar as mais diversas atividades artístico-culturais em projetos de até R$ 100 mil. Cada prefeitura ou instituição pública (Pessoas Jurídicas de direito público) de natureza cultural vinculada à prefeitura poderá apresentar somente uma proposta. O valor total deste edital é de R$ 2,5 milhões.

SERVIÇO

INSCRIÇÕES FUNDO ESTADUAL DE CULTURA

Primeira etapa – Cadastro do Proponente

Até 5 de janeiro de 2018

Segunda etapa – Inscrição dos projetos

De 3 a 31 de janeiro de 2018

As inscrições devem ser realizadas por meio da Plataforma Digital Fomento e Incentivo à Cultura, disponível no endereço https://tinyurl.com/ybp3bxky

Programa Bandas de Minas 2017 prorroga período de inscrições

O período de inscrições para o Programa Bandas de Minas ficou mais elástico. Os proponentes ganharam mais tempo para se inscreverem e agora têm até o dia 22 de janeiro de 2018 para submeterem os projetos à Secretaria de Estado de Cultura (SEC). O edital disponibiliza R$ 1 milhão para a compra de aproximadamente instrumentos para bandas civis de música como forma de contribuir para a manutenção e o aperfeiçoamento desta importante manifestação artística. Promovido em parceria com a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais (CODEMIG), o edital pode ser acessado aqui. Os projetos devem ser inscritos presencialmente na SEC ou encaminhado via Correios.
Além de contemplar as Bandas Civis de Música, o edital 2017 também irá atender bandas militares em funcionamento na Polícia Militar e nos Bombeiros, que serão contemplados com a doação de 200 instrumentos musicais, no valor total de R$ 500 mil.
PROGRAMA BANDAS DE MINAS
O programa atua na promoção, valorização e permanência das bandas civispor meio da doação de instrumentos musicais, vestimentas e indumentárias, realização de oficinas, realização de pesquisas e registros, encontros de bandas, entre outras ações de fomento a essa tradicional manifestação artística de Minas Gerais.
SERVIÇO
EDITAL DO PROGRAMA BANDAS DE MINAS 2017
Período de inscrições: 22 de janeiro de 2018, via correios ou presencialmente
Inscrições presenciais: de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h
Endereço:
Secretaria de Estado de Cultura - Superintendência de Interiorização e Ação Cultural
Diretoria de Programas e Articulação Institucional
Cidade Administrativa - Edifício Gerais - 5º andar (Rodovia Papa João Paulo II, 4001 - Bairro Serra Verde, 31630-901 - Belo Horizonte/MG)

13 de dez de 2017

Secretaria de Estado de Cultura com edital para Bandas de Minas inscrições até 22/12

A Secretaria de Estado de Cultura (SEC), em parceria com a CODEMIG, lançou no dia 22 de novembro, na Cidade Administrativa, o edital do Programa Bandas de Minas 2017. O programa disponibiliza R$ 1 milhão para a compra de aproximadamente 680 instrumentos para Bandas Civis de Música de Minas Gerais como forma de contribuir para a manutenção e o aperfeiçoamento desta tradicional manifestação artística. As inscrições estão abertas e devem ser realizadas presencialmente na SEC ou pelos correios até 22 de dezembro. O edital está disponível aqui.

O convênio entre a SEC e a CODEMIG foi ampliado e incluiu, de maneira inédita, a doação de cerca de 200 equipamentos às bandas militares, totalizando R$ 500 mil em investimentos. 

PROGRAMA BANDAS DE MINAS

O programa atua na promoção, valorização e permanência das bandas civis por meio da doação de instrumentos musicais, vestimentas e indumentárias, realização de oficinas, realização de pesquisas e registros, encontros de bandas, entre outras ações de fomento a essa tradicional manifestação artística de Minas Gerais.

Período de inscrições: 22 de novembro a 22 de dezembro

Inscrições presenciais ou via correios:

Secretaria de Estado de Cultura - Superintendência de Interiorização e Ação Cultural

Diretoria de Programas e Articulação Institucional

Cidade Administrativa - Edifício Gerais - 5º andar (Rodovia Papa João Paulo II, 4001 - Bairro Serra Verde, 31630-901 - Belo Horizonte/MG)

17 de nov de 2017

Fundo Estadual de Cultura de MG com inscrições até 21/12/2017

Realizado pela Secretaria de Estado de Cultura, o lançamento do Fundo Estadual de Cultura contribui para democratização da produção cultural do estado e para o fomento às mais diversas manifestações artísticas presentes em Minas Gerais.

O edital disponibiliza R$ 9,5 milhões para projetos culturais que tradicionalmente encontram dificuldades em captar recursos no mercado, tendo como público alvo especialmente o interior do estado, as manifestações da cultura popular, pequenas entidades, grupos e coletivos, entre outros.

Uma das importantes novidades deste ano visa facilitar o processo de inscrição e apresentação de projetos, que passa a ser totalmente online por meio da Plataforma Digital Fomento e Incentivo à Cultura. A novidade tem por objetivo democratizar o acesso ao edital, permitindo que um maior número de pessoas participe do processo seletivo. A plataforma será disponibilizada no site www.cultura.mg.gov.br.

CATEGORIAS

O edital de 2017 foi subdividido em duas frentes para aprimorar a distribuição de recursos e dar ainda mais transparência ao processo. Uma das frentes destina-se a Organizações da Sociedade Civil e possui valor total de R$ 7 milhões. Este edital está dividido em três categorias: 

1) Projetos que promovam as culturas populares e tradicionais, no valor máximo de até R$ 25 mil, totalizando R$ 2 milhões; 

2) Projetos de Cultura em Geral: realizados pelas organizações da sociedade civil, com valor máximo de até R$ 100 mil, somando R$ 3,5 milhões;
3) Pontos de Cultura: com valor máximo de até R$ 50 mil, somando R$ 1,5 milhões.

A segunda frente é destinada para instituições de Direito Público Municipal e irá contemplar as mais diversas atividades artístico-culturais em projetos de até R$ 100 mil. Cada prefeitura ou instituição pública (Pessoas Jurídicas de direito público) de natureza cultural vinculada à prefeitura poderá apresentar somente uma proposta. O valor total deste edital é de R$ 2,5 milhões.

Em caso de dúvidas, entre em contato por meio dos telefones 3915-2625/ 2719/ 2720. As inscrições tiveram início no dia 14 de novembro, e seguem até o dia 21 de dezembro. O edital pode ser encontrado aqui.

14 de nov de 2017

Sage Foundation lança segunda fase de programa financeiro para instituições sem fins lucrativos; inscrições vão até o dia 28/11/17

Fundação doará US$ 500 mil para apoiar projetos de empreendedorismo selecionados pelo Enterprise Fund


As inscrições para a segunda fase do Enterprise Fund da Sage Foundation, programa global de apoio financeiro para instituições sem fins lucrativos, estão abertas até o próximo dia 28 de novembro.

O Fundo apoia o desenvolvimento de programas de empreendedorismo sejam eles novos ou já existentes, que ajudam a melhorar a vida de jovens ou mulheres que vivem nas comunidades onde a Sage está presente, incluindo o Brasil.



O objetivo do edital Enterprise Fund é apoiar, em especial, organizações que tenham a ambição de expandir, crescer e promover mudanças sustentáveis. Além disso, espera-se que o Fundo possa atender a necessidades que são tradicionalmente difíceis de financiar, como projetos de capital e custos operacionais.

Diariamente, por todo o Brasil, líderes inspiradores, voluntários e os colaboradores dessas instituições sem fins lucrativos trabalham incansavelmente para fazer com que suas comunidades se tornem lugares melhores para viver. O Enterprise Fund da Sage Foundation foi desenvolvido para apoiar pequenas organizações sem fins lucrativos a darem um grande passo à frente naquele momento em que elas não conseguem transformar suas ideias em realidade devido à falta de financiamento. “Queremos ir além do trabalho voluntário, queremos colaborar com as pequenas instituições para que elas consigam tirar do papel suas ideias transformadoras. Através da atribuição de doações apoiamos projetos que poderão fazer diferença nas vidas de milhares de pessoas”, afirma Jorge Santos Carneiro, presidente da Sage Brasil e América Latina.

Desde janeiro de 2016, a Sage Foundation tem atuado para gerar oportunidades sustentáveis dos pontos de vista social, econômico e empresarial nas comunidades em que a Sage está presente em todo o mundo. Investindo e apoiando parceiros sem fins lucrativos que estão ajudando as pessoas a conquistar seu verdadeiro potencial, a Sage tem o compromisso de fazer negócios de forma responsável.

Clique aqui para checar se a sua organização sem fins lucrativos é elegível para o Enterprise Fund da Sage Foundation.

Serviço:
Enterprise Fund
Período de inscrições: até 28 de novembro – somente pelo site em inglês.
Voluntariado: as instituições que necessitarem de ajuda para submeter seus projetos em inglês, poderão solicitar apoio voluntário de funcionários da própria Sage pelo e-mail: sagefoundationbr@sage.com


Sobre a Sage
A Sage (FTSE: SGE) é a líder global em tecnologia para ajudar empresas de todos os tamanhos na gestão de tudo o que precisam: de dinheiro a pessoas – sejam elas start-ups, scale-ups ou de grande porte.
Nós fazemos isso com o Sage Business Cloud – a primeira e única solução de gestão que contempla as áreas de Contabilidade, Gestão Financeira, Gestão de Empresas, Recursos Humanos, Folha de Pagamentos e Pagamentos.

Nossa missão é liberar os empreendedores do peso das tarefas administrativas para que eles possam passar mais tempo fazendo o que amam. É o que fazemos todos os dias para três milhões de clientes em 23 países, por meio de nossos 13 mil colegas e de uma rede de contadores e parceiros. Nosso compromisso é fazer negócios de forma responsável e retribuir para as comunidades onde atuamos por meio da Sage Foundation.